Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



...

por C., em 14.02.12

Cada vez mais há empresas a fecharem ( no ramo em que trabalho então é todas as semanas!!), e cada vez  vejo mais desemprego.

MAS, existe sempre um mas. Vem cá muita gente com um papelinho da segurança social na mão pedir para carimbar sem sequer perguntar se temos alguma oferta de trabalho! Por acaso não temos vaga. Mas poderiam pelo menos mostrar algum interesse em arranjar trabalho.

 

Vejo cada vez mais pessoas a pedirem ajudas ao estado sem sequer se darem ao trabalho de procurar trabalho. Que o povo anda desmoralizado acredito, também ando... Que muitas empresas se aproveitam desta crise para pagarem o mínimo possível, eu sei, infelizmente  conheço diversas assim ( não é o meu caso). Agora também vejo muita gente de papo para o ar à espera que um EMPREGO lhes caia em cima da cabeça, com horários de luxo e salários bons, com direito a todas as regalias de quem trabalhou anos a fio.

 

SIM, isso deixa-me insatisfeita, uma vez que é o meu ( nosso) dinheiro que acaba por cair muitas vezes nas mãos de pessoas supostamente necessitadas mas que andam com carrões que eu que trabalho não tenho!  Sim eu precisava de uma carrinha agora que vamos ser 5 cá em casa, e andar num C3 é apertado e não cabem sequer 3 cadeiras lá atrás (irei lá atrás no meio de dois e o bébé à frente no ovo). Mas adiante... Estou todos os dias com imensas pessoas uma vez que faço atendimento aos clientes, e todos se queixam. Eu também o faço! Está difícil, está sim senhora.  O dinheiro é escasso e custa chegar ao fim do mês, custa sim senhora.  O que não entendo, pessoas que se queixam mas nem se dignam a procurar. Com desculpas que não me convecem!

 

 

A CRISE...cada vez mais olho, e vejo uma desculpa para as pessoas se encostarem e dizerem que " é a crise" que não os deixa trabalhar. Sim, há muitos desempregados em que é difícil arranjar novamente emprego devido à idade, etc... Mas, infelizmente, vejo muita gente encostada à espera... e muita gente que recebe do desemprego e que trabalha no mercado negro. Não, não acho justo!

 

E é isto...ver e ouvir gente a queixar-se sem razão deu para me revoltar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00


4 comentários

De Raquel R. a 14.02.2012 às 13:55

tens toda a razão!
bjs

De Maria Pereira a 14.02.2012 às 18:15

Concordo contigo a 100%. Faz-me confusão que as pessoas desistam ainda antes de começarem a tentar... e o nosso pais está como está por culpa tb dos subsidio-dependentes, que nada fazem mais na vida que não seja chular o dinheiro dos contribuintes honestos e esforçados como tu e eu... que irritação!!!

Bjs

De energia-a-mais a 24.02.2012 às 11:31

concordo que existe muita gente que tenta de tudo para se manter de papo para o ar e a receber o dinheirito do subsidio. Mas também já vi a coisa com outros olhos e agora confesso que estou a mudar a maneira como as vejo - como sabes estou desempregada, não me sinto nada culpada por ir receber (ainda não recebi mas isso são outras histórias) um subsídio - se tenho direito a ele é porque descontei o tempo suficiente para isso, entreguei uma parte do meu vencimento ao estado para que em caso de necessidade estivesse protegida, para mim acho isso viver num estado social e acho que isso deveria ser a regra! quanto ao ridículo de ter de se fazer prova de que se anda à procura de emprego (vulgo carimbos) isso é que acho uma afronta - o subsídio é atribuído em função do que já se trabalhou não em função do que se irá trabalhar - porque razão tenho de provar que estou à procura? O que mais me irrita agora é a visão preconceituosa com que se olha um desempregado, parece que ao ficar sem emprego se perdem todas as regalias, mesmo as mais básicas e temos de andar sempre a pedir desculpa - se conheces alguém que está desempregado e o vês no café, lá sai o comentário «olha está sem emprego mas vem lanchar ao café...». Eu sei que existem casos e casos, nem toda a gente pensa assim, nem todos os desempregados são honestos, nem todos os trabalhadores são bem intecionados - mas a maioria vê as coisas desta forma
desculpa o desabafo
beijinhos

De C. a 24.02.2012 às 21:03

Como dizes e muito bem...existem casos e casos. Mas custa-me imenso carimbar " a pedido" . Querem trabalhar ou nem por isso? Vejo muito desemprego, e sei que muita gente tem imensa dificuldade em encontrar trabalho. Mas, infelizmente, vejo muita gente sem vontade de trabalhar. Ora sabendo que a taxa de desemprego aumenta diariamente, seria bom ver pessoas dispostas a querer fazer algo por Portugal !Imagino facilmente Portugal entrar em colapso por haver mais desempregados que empregados ( por este andar).Quem vai pagar tanto desempregado??? Duvido que os descontos cheguem para tudo. Espero e desejo profundamente nunca ficar no desemprego pois vejo o que isso provoca nas familias ( tenho familiares desempregados). E espero que o nosso povo abra os olhos, e lute para melhorar isto. O governo est´´a-se nas tintas para o povo, quer a barriga cheia sem fazer nenhum. Que o povo n~~ao caia no erro de querer o mesmo. Mesmo que em par^^ametros diferentes a n´´ivel financeiro.
Uma vez mais digo, cada caso ´´e um caso ! E sei de pessoas desempregads agora, ap´´os 30 anos de trabalho. E entendo que estejam cansadas e prefiram esperar um tempo antes de retomar qualquer actividade. Mas gente que desconta meia d´´uzia de anos e encostam-se, lamento, mas deixa-me bastante revoltada!

E desabafa, fala, e tecla ´´a vontade! Eu faço o mesmo:), para o bem e para o mal. Eheheheh.

Beijocas ;)

Comentar post



Aqui por casa, 7 pares de olhos azuis.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D