Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



ériquês...2

por C., em 30.03.08
Mãe - E., de onde vêm os ovos?
E. - Das galinhas.
Mãe - E o leite?
E. - das MAMINHAS!!




C.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:44

Educação ou falta dela!!

por C., em 29.03.08
Ora depois de ver não sei quantas o filmezinho da "cena da aula de francês na escola do Porto" na televisão e não só, que demonstra a falta de educação dos jovens (apesar de também não ser velha) venho dar a minha sentença. Se eu fosse professora daquela aluna ou de outra qualquer , e que me colocassem naquela posição, a verdade é que a minha carreira de docente teria acabado naquele momento. Sim, que eu por acaso até tenho a mão bem pesada, e eu teria me passado dos carretes...ou seja, teria pregado uma grande BOFETADA naquela cara linda que tanto queria o seu telemóvel de volta.

Todos sabemos que o que aconteceu naquela sala de aula é apenas uma das pequenas "incidências" que acontecem nas escolas de hoje em dia. A violência de aluno para professor é bastante grande, e o que se vê neste filme nem é nada de mais comparada com situações de ameaça com tesouras, canivetes e outras "armas" que os alunos de hoje em dia levam para as aulas .
A humilhação da professora é realmente enorme!!! Principalmente depois do vídeo ser divulgado...
Antigamente só de se ser canhoto levava-se  réguadas, já hoje em dia se um professor tem a IDEIA de ameaçar um aluno vem logo o papázinho defender o filhote inocente que nunca tem culpa de nada para colocar o professor fora daquela escola. Pois...ou 8 ou 80. Os professores de hoje em dia têm pouca, ou melhor, NÃO têm autoridade nenhuma sobre os seus alunos. E isso vê-se desde a creche...sim desde a creche.

Na escola da minha filha houve um caso de uma educadora que, no meio de uma explicação qualquer sobre uma ficha de trabalho, desabafou um "Oh PALERMA" ao  miúdo de 4 anos de idade . Este desatou num pranto...e a educadora pediu desculpa, disse-lhe que tinha sido sem querer. Qual o espanto da educadora quando no dia seguinte tem o pai da dita criança com uma cara de zangado por ter OFENDIDO o filho!!! Parece inacreditável mas é verdade...já quando essa mesma criança  bate nos colegas...temos de entender que é pequenina ....que não entende e não faz por mal.


Tudo isto para dizer o quê...que a culpa de muita , não toda mas muita falta de educação existe devido aos PAIS dessas lindas crianças. Porque hoje em dia os pais não têm tempo nem disponibilidade para estar com os filhos, então vão compensando com a condescendência a todos os níveis.Não vão passar o pouco tempo que têm em  família a "ralhar" ou chamar a atenção arranjando muitas vezes discussões...o resultado está à vista.

Tenho uma menina de 3 anos que está numa sala em que os meninos coitadinhos quando fazem mal  não percebem...e quando dizem asneiras, sim asneiras das Grandes, também não percebem. Eu realmente tenho um Génio em casa, sim!!! Um génio!!! É que a minha filha de 3 aninhos sabe o que é fazer mal, sabe que não se dizem asneiras e o porquê. E agora eu pergunto:

A culpa é dos miúdos que não sabem? Ou dos pais que não querem?

E já agora mais uma perguntinha...eu até levei umas quantas palmadas, estou viva, sem sequelas e sem marcas. Parece que até sou bem educada...
Será que uma palmada poderá realmente afectar psicologicamente uma criança?

A minha resposta: A E. já levou palmadas...está bem e adora-me!! É bem educada e feliz...E ai dela que algum dia falte ao respeito a um professor ou a qualquer outra pessoa que se dê ao respeito!!!!

 O G. acrescenta: A impunidade e a protecção dos menores em relação aos professores está a prejudicar mais do que ajuda. Eles crescem sem noção de respeito e não têm noção do seu lugar na Sociedade, nem como se comportar Nela.


C.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:20

Ponto de Situação...

por C., em 21.03.08
Hoje lembrei-me de fazer um post sobre o que os meus nininhos já sabem fazer. Ou seja, fazer um ponto de situação do desenvolvimento dos meus pequenos grandes amores .

Ora vamos começar pela E. (3 anos e 5 meses):

  • fala pelos cotovelos e utiliza termos como "repara" "bastante" "penso que não" e por aí em diante
  • percebe Francês e fala alguma coisa, sabe os números em Inglês
  •  já escreve o nome dela em maiúscula (a copiar) e escreve as vogais de cor (sem copiar, só ditado)
  • identifica quase todas as letras e números de um digito
  • faz grafismos, labirintos, diferenças,sequências e fichas de 4/5 anos facilmente
  • pinta sem sair fora das linhas
  • faz puzzles de 60 peças sem grande dificuldade
  • toca violino (utiliza apenas 2 cordas e já utiliza 3 dedos nas cordas) e já fez a sua 1ªaudição sem problemas (o que deixou os papás muito )
  • canta musicas em português , francês (e o inglês inventa!!)
  • conta histórias
  • sabe utilizar o computador e jogar jogos didacticos doas 2/4 anos
  • tem aulas de natação e consegue boiar de costas, mergulhar ( com ajuda) de cabeça, salta para dentro de água onde não tem pé  e consegue +- nadar até à berma
  • dá cambalhotas para à frente perfeitas e direitinhas sem ajuda
  • sabe andar de bicicleta (com as duas rodinhas de lado)
  • à mesa come de garfo e colher, usa a faca por vezes
  • veste-se e despe-se sozinha apesar de ter alguma dificuldade em despir camisolas
  • na escola é muito bem comportada, não se defende e não fala em publico sozinha(ou seja, só fala em grupo, sente vergonha de falar em frente aos colegas e/ou professores)
  • música: adora Fado e Rap (sim...é mesmo estranho)
  • é calma (apesar de nesta idade não ser tanto quanto era), meiga, decidida, teimosa, mandona , perfeccionista
  • gosta de fazer fichas de exercícios, pintar, brincar ás mamãs, puzzles, e principalmente jogos de mesa (dominós, etc), livros
  • toma muito bem conta do irmão, ADORA-O!!!!!!
  • gosta de rotinas
E agora o J. (13 meses):

  • gatinha, anda e corre (ainda cai nesta última...e vai cair muito mais)
  • agacha-se para apanhar brinquedos e levanta-se sem ajuda
  • já diz uma série de palavras: cão,papá, papa, mamã, mana, pão, quer, dá, tem...
  • faz frases simples como : "mamã dá"
  • percebe francês
  • aponta com o dedo o que quer (o que chateia a mamã pois preferia que tentasse dizer as palavras)
  • compreende e cumpre tarefas simples como: arruma na caixa, vai buscar o carro, vai entregar à mãe/ao pai...
  • obedece ao "não" apesar de começar a chorar
  • identifica animais e partes do corpo nas duas línguas
  • diz quando tem fome e quando quer ir ao penico
  • tem aulas de natação, salta sozinho para dentro de água e aguenta-se sozinho com braçadeiras, já faz bolinhas na água
  • tenta calçar-se, ajuda a vestir (dá o jeito aos braços)
  • quer comer sozinho mas a mão ainda não deixa muitas vezes (é comida por todo o lado!!!)
  • Dança e toca bateria (faz barulho), canta musicas e faz as "coreografias"com as mãos (como a musica das galinhas)
  • música: infantil, martelada
  • é calmo (mas menos que a irmã),meigo,brincalhão,desenrascado,ofendido, teimoso, ciumento
  • gosta de jogar à bola,livros, cubos, bateria, rabiscar,
  • gosta da cama dele, de rotinas,e de ser fotografado
  • ADORA a irmã!!!!!!mas não gosta que ela o agarre

E pronto...possivelmente esqueci-me de muitas coisas...Mas para mim o principal é serem felizes, para mim são lindos, os mais lindos!!!!os meus anjinhos lindos...

Daqui a um tempo espero escrever muitas coisas novas que os meus nininhos irão aprender.

C.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:32

Vacaciones

por G. o gajo., em 15.03.08
Ora parece que estamos de férias... Fiquem por aí que nós vamos dando notícias...

G.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 22:55

Desafio!!

por C., em 12.03.08
Guguinha e Maedasara passaram-me este desafio , e aqui seguem as respostas!!

O objectivo deste blog

Quem decidiu fazer o blog foi o meu maridão G. Para colocar as receitas da E. Depois com o entusiasmo e a vontade de escrever as coisas foram e vão saindo cá para fora. Por vezes saem coisas que não interessam mas outras vezes até se escrevem coisas que pelo menos alegram os leitores .

O subtitulo do blog - Aqui por casa, 4 pares de olhos azuis.

É a verdade, e é a côr com que vemos as nossas vidas...azul do céu, do mar, só coisas lindas como nós, eheheheheheh .


Nunca deixo de ir ao Blog da Guguinha porque acho fascinante o facto de serem muitos em casa (espero poder um dia viver tudo isso), ainda me pergunto com uma família grande como consegues ter tempo para escrever!!

 

Nunca deixo de ir ao Blog da Maedasara porque, é bom saber que existem pessoas que lutam por tudo para fazerem os outros felizes. Hoje em dia são poucas as pessoas que têm espírito de sacrifício. A Sara parece-me uma menina muito especial , e é bom ver o quanto uma criança tão pequena apoia os seus entes queridos.


 

E pronto! Agora passo o desafio a :

 

                                                  milsorrisos

                                     

                                                               boguita


 

    Sei que as regras falam em 7 bloguistas...portanto quem se quiser candidatar aos 5 lugares que faltam estão à vontade...é que o pessoal já foi todo desafiado !!!!!!


                                                          

                                                             

                                                     

E as regras são:

- As que regem todos os outros desafios, seguindo a regra de bem viver na blogoesfera

- responder à pergunta e passá-lo a outros bloguistas num nºentre 7 e 9

- dizendo porque os seguem

- enviar selo do desafio

- matar a curiosidade e dizerem o que procuram no blog que vos passou o desafio

MUITO IMPORTANTE:

- obrigatório usar cinto de segurança ou capacete

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 21:44

11 anos

por G. o gajo., em 11.03.08

Das festas da aldeia, eu não falhava uma. Natal, Carnaval, Páscoa e as outras tantas. Lembro-me que numa dessas tantas festas, tinha eu 9/10 anos, passou por mim uma rapariga, mais ou menos da minha idade, que eu nunca tinha visto por ali. Raparigas passavam muitas…por aí não havia novidade. Mas esta era diferente. Ia com a irmã mais nova e, ao passarem por mim junto às mesas de matraquilhos, reparei logo que o cabelo delas chegava aos joelhos...que grande cabelo:

- Olha lá! Esses cabelos são para limpares o rabo quando se acaba o papel?

Ela olhou para mim, fez-me uma careta, chamou-me parvo num sotaque meio estranho e pisgou-se. E eu fiquei-me a rir feito parvo. Soubesse eu o que sei hoje…Adiante.

 

 

No meu 11º ano conheci uma rapariga por intermédio de amigas comuns...nada de mais nesta nova amizade...fazíamos equipa nos matraquilhos da escola, cravava-lhe uns trocos de vez em quando, cumprimentáva-mo-nos no primeiro intervalo em que nos víssemos. Por aqui nada de diferente em relação a outras raparigas que conhecia.

Até que houve um dia em que, quando ia para a cumprimentar, ela se baixou. Talvez para apanhar algo caído no chão, mas o certo é que eu apanhei uma balda e fui para a aula um bocado chateado -“Então aquela gaja faz-me isto?! Eu vou cumprimentá-la e ela dá-me uma balda?”-. Ora essas nossas amigas comuns vieram depois ter comigo e disseram que ela me tinha mandado um beijinho especial, para compensar...Mentira...Eram elas a arranjar caldinho...E eu, tungas, mandei outro para ela.

Já aí eu sentia algo quando passava por ela, e notava que ela olhava para mim de maneira diferente. Vai daí convidei-a para ir almoçar a minha casa para em seguida irmos para a praia. Eu estava em casa a fazer um trabalho com  um colega meu e ela ía lá ter com uma amiga. Almoçámos, eu, como sempre, a fazer figuras tristes, e fomos pra´beach.

Ao longo dessa tarde, muitos joguitos, banhos, agarranços e tudo aquilo que se faz na praia além de observar as meninas e aquilo que a Mãe Natureza lhes deu.

No Sábado seguinte ela estava caídinha outra vez em minha casa...À noite, pais fora de casa, os dois sozinhos no meu quarto. Conversa daqui, conversa dali e eis que, de repente, nos  viramos um para o outro e dizemos ao mesmo tempo:

-Tenho uma coisa para te dizer.

Silêncio.

Eu, com medo de perguntar se ela queria namorar comigo porque, por um lado achava isso coisa de crianças, e por outro porque não queria ouvir um não...

Ela, com vontade de me dar uma beijo (ela própria me contou isso mais tarde), mas com medo de ser rejeitada.

E ficámos calados. E apareceram os meus irmãos.E ela foi para casa.E eu sonhei com ela.

 

Segunda-feira, nova semana, voltámos às nossas conversas...

E Terça-feira de manhã também...

E Terça-feira à tarde já não.

Estávamos sentados nos bancos ao lado dos antigos Galinheiros da Escola de Portela. Estava calor...pelo menos naquele banco...no resto não sei...nem me interessava. Conversávamos de algumas coisas banais, outras nem tanto. Ela engasga-se numa palavra:

- Tou com a boca seca. – Diz ela.

- Tás desidratada...

- Então molha-me...

Juro que foi a primeira vez na minha vida que tive a certeza do que uma rapariga queria. Beijei-a...durante muito tempo...muito muito tempo.E ela beijou-me a mim.

E quando saímos daquele banco, fomos de mãos dadas.

 

 

Pois é, quão estranha é a vida...

A rapariga dos cabelos pelo joelho na festa da aldeia...

A rapariga do beijo no banco da escola...

 

Casei-me com ela.


 

Faz hoje 11 anos que a "hidratei"...

Parabéns por me teres aturado este tempo todo.

G.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 21:19

StickMan

por G. o gajo., em 03.03.08
Alguém se lembra do StickMan? Pois, mesmo que não se lembrem, aqui está um novo video com este sup'herói!

G.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 20:47

Finalmente!!! (versão 2)

por G. o gajo., em 02.03.08
Já não era sem tempo...(se bem que até passarem das palavras aos actos...)

Fraldas descartáveis podem vir a ser recicladas.

Fonte : expresso.

G.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 15:10


Aqui por casa, 7 pares de olhos azuis.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D