Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Depressões

por C., em 26.01.08
Hoje em conversa com o marido de uma amiga minha, falou-se  que a esposa está com uma possível depressão.

EU: O melhor será ela ser vista por um médico
Ele(marido da amiga): Pois já lhe disse...mas ela nunca tem tempo
EU: se calhar está assim depressiva por isso mesmo, não ter tempo
Ele: Também já lhe disse isso mas ela não me liga nenhuma...

Depois desta conversa da treta, ainda o tentei convencer a marcar uma consulta para a esposa...mas ele não estava para aí virado.
A minha pergunta é : Afinal? Se uma pessoa se sente deprimida...não seria bom o companheiro/a apoiar e tentar ajudar? Fala-se tanto em esgotamentos nervosos...mas ao que parece, os esgotamentos estão lá porque no suposto CASAL...não existe CASAL...sim...porque quando escolhemos uma pessoa é para o bem e para mal (e quando existe o mal, tentar remedia-lo, certo?).

A verdade, é que tenho uma enorme dificuldade em perceber a DEPRESSÃO, até porque nunca tive nenhuma...nem ante-parto, nem pós-parto nem nada que se pareça.
O que é certo é que mais de metade das minhas amigas estão depressivas!!! Umas por problemas de dinheiro, outras por causa dos maridos, outras porque tiveram  bebé...enfim e todas têm um motivo, e acredito que não se sintam assim porque querem!
Falo muitas vezes com elas, e cada vez percebo menos...nem sei que dizer...

Eu sou uma pessoa normal (acho eu...), feliz, com um marido que sempre me apoiou em tudo, com dois filhos lindos, e com os problemas que todos têm. Já tive problemas maiores e outros que nem por isso... mas até hoje, nunca isso alterou a minha felicidade, ou a minha maneira de estar com os outros ou comigo própria. Todos temos os nossos dias NEGROS.

O que pergunto é: Será que somos "nós" que nos metemos depressivos?
                                  Será que certas pessoas têm uma pré-disposição para a depressão?
                                  Será que as depressões não partem da maneira como vemos as                                             coisas NEGRAS quando elas são apenas cinzentas
                                  Será que hoje em dia os CASAIS não consigam entender-se ou pelo                                     menos tentar dialogar?

                                  
Muitas perguntas teria para colocar...mas possivelmente por muito que tentem nunca irei entender quem a tem...E AINDA BEM!!!!!!!!!!!

Sim que a vida é bela! E só se tem direito a UMA! (ou quem teve mais nunca nos contou...)

A mensagem que quero passar é : Vivam a vida, vejam as coisas boas que têm, não dramatizem os problemas pois todos os têm , e pelo menos TENTEM ser felizes...

As melhoras a todos os que estão neste momento depressivos ou mesmo esgotados...e não façam asneiras!

Beijos, C.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 23:15


5 comentários

De jonasnuts a 27.01.2008 às 00:00

Ter uma depressão não é passaporte para a compreensão da doença.

Eu tive uma, e mesmo assim não compreendo.

A depressão ajudou-me, no entanto, a compreender melhor as pessoas com depressão. A não precipitar-me em julgamentos. E quem está ao lado de uma pessoa com depressão, também não tem tarefa fácil.

Não é fácil, em nenhum dos lados.

De C. a 27.01.2008 às 10:40

Acredito que seja difícil passar por uma depressão...mas para quem nunca teve uma e não faz ideia do que é, é complicado ajudar quem a tem...que no meu caso são muitas pessoas
Obrigada pelo coment.
C.

De jonasnuts a 27.01.2008 às 12:18

É como digo, mesmo eu, que passei por uma, tenho dificuldade em perceber os mecanismos.

O sentimento de impotência, para quem está ao lado, deve ser o mais complicado. "Mas porque é que ela não reage, porque é que não contraria, porque é que não luta?". A verdade é que não se consegue fazer isso. Tem de ser um dia de cada vez, muito devagarinho, e às vezes é preciso ajuda para fazer as coisas mais simples. Desde cozinhar uns bifes até organizar uma festa de criança. O apoio da família é fundamental. A paciência e a tolerância são imprescindíveis.

De G. o gajo. a 27.01.2008 às 20:58

Concordo com tudo o que se disse...Mas acho que aqui a dúvida da C. nem é tanto "porque é que ela(e) não reage?". É mais "porque é que o companheiro(a) não faz, efectivamente, alguma coisa?" Em vez de dizer : "Devias ir ao médico", marca uma consulta e leva-a(o) ao médico.

Este assunto é pantanoso...não há sitio onde o pé não enterre...

G.

De Boguita a 28.01.2008 às 10:43

oi amigos, como voçês sabem eu tive uma depressão e bastante grave , ainda estou em final de tratamento e sei que deixou lesões, podia dizer mta coisa acerca disso, mas a verdade é que qd tive a depressão não aceite estar assim, alias foi preciso eu ficar mesmo mal, ao ponto de ter mesmo bloqueado para ir ao medico, e quando lá cheguei a 1º coisa que o psiquiatra disse foi " como é que voçê chegou a este estado, como consegui aguentar até aqui?" e por causa disso tive 1 ano de baixa, e já 1 ano que tou a trabalhar e medicada e ser seguida...em relação ao marido, sempre tivemos uma relação mto boa, mas acreditem ele não sabia como lidar comigo, teve de aprender e agora já detecta o minimo sinal, para me fazer ver as coisas...resumindo : não desejo a ninguem passar por aquilo que passei, e ainda hoje a mta coisa que não sei explicar

Comentar post



Aqui por casa, 7 pares de olhos azuis.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D