Em casa

Ora vamos lá falar sobre esta aventura a 7 !

 

No dia 5 de abril e sem contarmos com isso pois ainda não tinham 2kg, as nossas pipocas tiveram alta ao fim do dia. Por sorte o papá já tinha colocado os ovos na carrinha. Ainda não estava tudo preparado, e quando fomos buscar os ninos foi uma grande surpresa para eles. Ficaram tão felizes !!!

Não tem sido difícil. Penso que estávamos preparados para pior ( pelo menos até agora).

No dia 14 deste mês atingiram os 2 kgs e levaram as vacinas. E na 6ªf passada estavam +-2400gr ! Portanto estão a crescer muito bem.

Têm bebido do meu leitinho que tiro com bomba. E esta sim, é a parte cansativa e muito chata. Neste momento preciso de tirar 180ml ( 90ml para cada por mamada) e levo 1h na bomba para tal. E é eléctrica!! De dia até se faz bem, mas de noite está a tornar-se cansativo... Na Neo deram-nos 6 monodoses de LA caso houvesse um aperto e foi a minha sorte! Pois já houveram 3 situações que ficaram com fome e eu ainda não tinha o leite tirado para as duas, e lá tive de usar o LA. 

A Lisa já pega na mama,apesar de ainda se cansar muito ( e adormecer)...então ofereço-lhe também LM no biberon. A Olívia é que nada de mama. Mal pega chora, fica arreliada e frustrada pois puxa com pouca força. Segundo as enfermeiras é ir insistindo, quanto mais perto dos 3kg de gente mais tónus muscular e o reflexo de sucção melhora. O objectivo é mamarem ao peito, espero que rapidamente elas consigam.

 

Nesta fase temos tratado das pipocas a dois pois o papá está de licença. De noite tento não o acordar, e só quando não me oriento é que o faço pois não acho que haja necessidade. De dia eu vou dormitando quando posso/ consigo e aí o G. é que fica de alerta às minorcas.

 

Os manos entraram de férias no dia da alta das pipocas pelo que conseguiranm aproveitar ao máximo estar com elas, pegar-lhes e namorá-las. Todos estão felizes e adoram as maninhas. A A. está a ressentir-se COMIGO. Tem dias que me testa até eu ficar esgotada, tem outros que só me dá mimos. Está a ser um grande dilema emocional para ela. Por um lado está muito feliz e por outro vê-me com menos tempo para estar com ela e fica triste/zangada/sentida. Isto acaba por passar, temos tentado dar-lhe muita atenção mas nem sempre é possível fazer como mais gostávamos.

 

Eu recuperei bem da cesariana. Ainda me doi a pele da barriga, nunca me tinha doído nos outros pós-partos... penso que seja por ter esticado mais. Tem dias que tenho muita energia, mas outros que ando cansada. Quando acabo te tirar leite dá-me sempre uma quebra em que só apetece é ir ali para o fundo do quintal dormir até mais não, sem ouvir miúdos, bebés , telefone etc e tal. Mas limito-me a deitar no sofá e ferrar-me nem que sejam 15mn.

 

 Hoje saímos os 7 pela primeira vez, fomos ao festival do pão, cedinho para não apanhar muita gente e realmente estava quase às moscas. Almoçamos por lá, os miúdos ficaram contentes, e eu sempre saí de casa.

Vou tentar vir dar notícias.

 

 

 

 

 

teclado por C. às 22:43 | link da posta | diz lá qualquer coisinha