Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


O tempo voa

por C., em 29.04.17

e já passou um mês...

 

1493634280587.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:56

Em casa

por C., em 23.04.17

Ora vamos lá falar sobre esta aventura a 7 !

 

No dia 5 de abril e sem contarmos com isso pois ainda não tinham 2kg, as nossas pipocas tiveram alta ao fim do dia. Por sorte o papá já tinha colocado os ovos na carrinha. Ainda não estava tudo preparado, e quando fomos buscar os ninos foi uma grande surpresa para eles. Ficaram tão felizes !!!

Não tem sido difícil. Penso que estávamos preparados para pior ( pelo menos até agora).

No dia 14 deste mês atingiram os 2 kgs e levaram as vacinas. E na 6ªf passada estavam +-2400gr ! Portanto estão a crescer muito bem.

Têm bebido do meu leitinho que tiro com bomba. E esta sim, é a parte cansativa e muito chata. Neste momento preciso de tirar 180ml ( 90ml para cada por mamada) e levo 1h na bomba para tal. E é eléctrica!! De dia até se faz bem, mas de noite está a tornar-se cansativo... Na Neo deram-nos 6 monodoses de LA caso houvesse um aperto e foi a minha sorte! Pois já houveram 3 situações que ficaram com fome e eu ainda não tinha o leite tirado para as duas, e lá tive de usar o LA. 

A Lisa já pega na mama,apesar de ainda se cansar muito ( e adormecer)...então ofereço-lhe também LM no biberon. A Olívia é que nada de mama. Mal pega chora, fica arreliada e frustrada pois puxa com pouca força. Segundo as enfermeiras é ir insistindo, quanto mais perto dos 3kg de gente mais tónus muscular e o reflexo de sucção melhora. O objectivo é mamarem ao peito, espero que rapidamente elas consigam.

 

Nesta fase temos tratado das pipocas a dois pois o papá está de licença. De noite tento não o acordar, e só quando não me oriento é que o faço pois não acho que haja necessidade. De dia eu vou dormitando quando posso/ consigo e aí o G. é que fica de alerta às minorcas.

 

Os manos entraram de férias no dia da alta das pipocas pelo que conseguiranm aproveitar ao máximo estar com elas, pegar-lhes e namorá-las. Todos estão felizes e adoram as maninhas. A A. está a ressentir-se COMIGO. Tem dias que me testa até eu ficar esgotada, tem outros que só me dá mimos. Está a ser um grande dilema emocional para ela. Por um lado está muito feliz e por outro vê-me com menos tempo para estar com ela e fica triste/zangada/sentida. Isto acaba por passar, temos tentado dar-lhe muita atenção mas nem sempre é possível fazer como mais gostávamos.

 

Eu recuperei bem da cesariana. Ainda me doi a pele da barriga, nunca me tinha doído nos outros pós-partos... penso que seja por ter esticado mais. Tem dias que tenho muita energia, mas outros que ando cansada. Quando acabo te tirar leite dá-me sempre uma quebra em que só apetece é ir ali para o fundo do quintal dormir até mais não, sem ouvir miúdos, bebés , telefone etc e tal. Mas limito-me a deitar no sofá e ferrar-me nem que sejam 15mn.

 

 Hoje saímos os 7 pela primeira vez, fomos ao festival do pão, cedinho para não apanhar muita gente e realmente estava quase às moscas. Almoçamos por lá, os miúdos ficaram contentes, e eu sempre saí de casa.

Vou tentar vir dar notícias.

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:43

A primeira semana das babies

por C., em 14.04.17

A primeira semana foi muito emocional. Eu passava de felicidade máxima a vontade de chorar em segundos.

Sempre achei que chegaria às 36 semanas, e o facto delas terem vindo uma semana antes foi difícil para mim.

Estarem na incubadora, e apesar de estar tudo bem, foi duro. De noite ouvia os bebés nos quartos ao lado e não conseguia dormir a pensar nas minhas princesinhas sem mim.

No primeiro e segundo dia, como só tinha colostro, deram LA ( prematuros) por sonda mas elas não faziam a digestão. Eu passava os dias ao lado delas, a olhar e sempre que verificavam o que tinham no estômago de 10ml faziam depósito de 8ml. Eu claro meti as mamas ao trabalho !! Pedi uma bomba para o meu 4º, e de 3 em 3 horas espremia-me toda para retirar 5ml de colostro/leite. Felizmente, as enfermeiras eram impecáveis, e davam sempre o pouco que conseguia antes do LA. Elas começaram a digerir melhor, e à medida que fui aumentando a produção iam reduzindo no LA até ser só leite meu ao 4º dia.

Tanto eu como o pai fomos fazendo canguru pele com pele pelo menos 3h por dia. Acredito que ajudou no processo.

 

Começarem a comer demorou 5 dias. O que me pareceu uma eternidade! Mas assim que o reflexo de sucção foi adquirido, foi um instante. Elas fazem tudo ao mesmo tempo, e quando uma começou a outra também .

Não perderam muito peso ( cerca de 150 gr), e recuperaram depressa.

 

O coto caiu ao 5º e 6º dia, ainda no hospital.

Tiveram alta no dia 5 de abril ao fim do dia, e ficamos super felizes !!! Nem parecia realidade.

Foi a melhor prenda que demos aos ninos, que assim que as viram na carrinha deliraram !!!

 Os manos viram as babies no dia que nasceram. Todos estavam radiantes.

A A. achou-as " muito fininhas". O J. só dizia  " são tão lindas".  E a E. repetia aos gritinhos histéricos que nem acreditava  que já tinha as irmãs gémeas cá fora .

 

Eu recuperei relativamente rápido. Inchei MUITO.  Nunca tinha ficado naquele estado... mas de resto tudo ok.

 

As pessoas ligavam-me e mandavam mensagem sem parar. As perguntas repetiam-se e foi difícil perceberem o porquê de não poder ver as babies ( na neo/ ucin  só os irmãos, e avós directos podem entrar). Todos os dias era bombardeada com o " já estão no quarto contigo?" , " já as podemos ver?" , e perguntas do género. Eu passado 48h saturei e deixei de responder simplesmente. Já estava a ser difícil e a pressão não ajudava de todo !

 

Foi uma primeira semana intensa, mas repleta de amor e felicidade.

Tentei dar atenção aos 3 ninos quando me iam visitar e correu sempre tudo bem.

Fui muito mimada pelos filhotes e pela família.

 

LO.jpg

 

E para terem noção do quanto pequena são/eram :

Lisa.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:55

29 de Março 2017

por C., em 11.04.17

Eis a data em que conheci as minhas nininhas Lisa e Olívia.

Na semana anterior já tinha muitas contrações, e o ctg já as acusava com intensidade ( mas não ritmadas). Tive duas noites que estava no vai não vai ao hospital. Mas naquela quarta-feira nem tinha nada de especial.

 

Lá fui em jejum para mais umas análises de rotina. Com eco, ctg e tudo o que tinha direito. Mas logo a seguir às análises fui internada. Confesso que desta vez não estava nada nervosa. Queria sim, que me dissessem que dava para esperar mais uma semana. Era importante para mim chegar às 36 semanas, mas não foi possível.

Ora lá fui para um quarto. Fazer o belo do clister ( detesto essa parte!). Colocar o cateter ( não custou tanto como nas outraz vezes, e foi logo à primeira!), vestir a bela da bata hospitalar.

Eram 10h e qualquer coisa e eu cheia de fome e sede. Lá me dizem que é agora. Dou um beijo ao meu marido que se vai "arranjar" e digo-lhe que não queria que fosse já. Elas estão bem é cá dentro, e sair tão cedo preocupa-me.

 

Na sala de operações ( sim, fui logo para cesariana por ter as 3 anteriores e serem gémeos) levei a epidural que não me custou nadinha. Entretanto chega o meu marido que mal reconheço ( vestido de cirurgião :P ).

De repente sinto um corte e grito um aiiiii. Explico que senti cortar, e não...não foi só uma impressão. Reforçam a dose, e de repente Aiiiiiii de novo. Aí o anestesista diz qualquer coisa que não percebo. Colocam-me uma máscara para inspirar 3 vezes e fico tão grogue mas tão grogue que até mete dó !!

Só me lembro de ter muito sono, de ver o meu marido a rir do meu esforço por me tentar manter acordada. Ele promete que me chama para as ver assim que nascerem e eu passo pelas brasas. Oiço-o chamar e oiço a Lisa a chorar, foi a primeira a sair pois estava encaixada e cefálica. Mostram-me, é minúscula ! Choramingo de emoção e dou-lhe os beijos possíveis. Adormeço de novo, sonho e tenho a sensação que passam cerca de 30 mn  antes de ouvir outro choro idêntico. Vejo a Olívia e emociono-me de novo. Beijos na pequena, nova choraminguice e tudo me parece um dejá vu . Dizem-me para dormir e descansar. Vou dormindo enquanto me fecham e oiço as enfermeiras a falar.

Depois sigo para o recobro.

 

Na realidade não foi nada assim. Elas nasceram com 2mn de diferença !! Foi tudo tão estranho para mim...a Olívia foi difícil de arrancar de mim. Nasceu de pés e a obstetra teve de a " ir buscar" . O meu marido diz que só via a médica toda em cima de mim, com o braço dentro da barriga a dizer " ESTÁ A FAZER-SE DIFÍCIL A MIÚDA".

Mas correu tudo bem.

 

Infelizmente e como eu temia não ficaram comigo e foram para a incubadora.

A Lisa nasceu às 10:59 com 1925 gr.

A Olívia nasceu  às 11:01 com 1880 gr.

Ambas com 42cm, e 31cm de PC.

 

Estar no recobro sem elas foi difícil. Só me apetecia chorar mas não dei parte fraca. O meu marido estava tão feliz e aliviado de estar tudo bem, não queria estragar a sua felicidade.Ele andava de um lado para o outro, ora ao meu lado, ora ao pé das nininhas. Ia-me pondo a par de tudo.

 

As primeiras fotos possíveis. Dentro da caixinha de vidro ( incubadora). Os tubos que vêm são só as sondas nasogátricas para alimentação. A nível respiratório estavam autónomas .

 

                                                                                       LISA

Lisa.jpg

 

 

                                                                                         OLÍVIA

Olívia.jpg

 

 E assim começou esta nova aventura...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:22


Aqui por casa, 7 pares de olhos azuis.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D