Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Olhares Azuis

Aqui por casa, 7 pares de olhos azuis.

Olhares Azuis

Aqui por casa, 7 pares de olhos azuis.

18 anos de princesa E.

A nossa primogénita faz 18 anos!

Uma menina ( já mulher ) maravilhosa. Doce, meiga, resiliente, persistente, humilde, amiga, responsável, chorona, emocional , calma, linda e única. Uma pessoa que vale a pena conhecer, uma amiga que não deixa ninguém para trás. Que tem objectivos para o futuro, mas que sabe é que preciso um pouco de tudo para se ser feliz. Estudar, divertir, passear, estar em família, descansar e preguiçar. Tudo com peso e medida!

O que mais desejo é que a nossa princesa seja sempre saudável e feliz. Que concretize todos os seus sonhos na companhia de quem mais gosta e dos que a amam.

Nota : Sim, custa-me ser mãe de uma adulta. Ainda ontem nasceu...snif snif . Mas é fantástico ver como se tornou aos poucos na pessoa que é hoje e da qual tenho muito orgulho!

Quando em 3 dias tudo muda

A expectativa de se ir para uma universidade é enorme. Depois do estudo constante e do esforço de 3 anos, da preocupação de se estar preparado para os exames, dos nervos, das noites a rever etc, vem a longa espera. Primeiro, o averiguar dos resultados dos exames e o calcular de médias. Depois a candidatura, pensando qual será a melhor escolha e ordem de cursos superiores ao qual o estudante se quer propôr. E logo a seguir...a TORTURA ! A espera...que nunca mais acaba, que corrói, que enche a cabeça de "ses" de tudo e mais alguma coisa. Começa o medo de não ter entrado, das médias terem subido, de não ter estudado o suficiente, de não estar à altura.

Passado um mês, tudo se resume a um CLIC. No nosso caso, as 48h antes do dia 11 de Setembro foram de nervos à flor da pele, eu quase que diria agonia mesmo. Em todos os fóruns de estudante só se falava de médias, e notas, de cursos, de quem já sabia o último colocado. No dia 9 sai uma tabela de últimos colocados. Em que uns opinam ser verdadeira pelas médias terem descido tanto, outros rezam que seja falsa pois se for verídica não entraram uma décima pela subida brutal ( afinal, tudo varia de curso para curso). E nós ali, a ler e a sofrer, mãe e filha juntas em frente ao ecrã. Olhamos a tabela e segundo esta, entrou na que achava que iria entrar! Mas...e se for falsa... mais sofrimento !!! Sim, que isto custa mesmo a sentir e viver acreditem.

No dia 10, a falar com uma amiga esta diz-me que o filho já recebeu o email. Corro escada acima a informar a E. que me responde " não recebi nada" mas ao actualizar lá estava ele!!! O email tão esperado!! E agora??? Sim, é agora, tudo ou nada.  Descobrimos que entrou, e que fica deslocada para o local que ela sempre achou que ficaria. Começa o reboliço de fazer as malas, comprar os itens necessários, uma correria!

Entre sábado de tarde e segunda de madrugada fizeram-se malas, listas, comidas, verificações, enfim TUDO. A caminho de Coimbra a E. fez a sua matrícula online.  Entramos no seu quarto e arrumaram-se as coisas, e chega a hora da despedida. Abraços, beijos, lágrimas. Um misto de emoções.

Em 3 dias a minha princesa atravessou a porta e começou um novo caminho. Faltava tanto para saber onde ficava, e passou tão depressa ao mesmo tempo. 

Vai correr tudo bem!  Vai ser um ano de muitas conquistas, novas amizades , e sucesso para a nossa princesa. Eu sei que sim! 

Queimar os últimos cartuchos

Como hábito ( tirando 2020 e 2021 devido à pandemia), fomos à festinha da aldeia ao lado onde este ano encheram de diversos carrosséis para todas as idades e gostos ( na totalidade estão lá 11 carrosséis, incluindo os carrinhos de choque! ) . Os preços subiram ( nada que não era esperado) e isso só deu direito a uma voltinha para cada um. A parte boa é que as farturas mantiveram os valores 1€ cada, sendo apenas retirado o preço especial de 6 farturas a 5€. Pronto...lá tive de pagar um pouco mais, mas valeram a pena!

A A. , como sempre, escolheu saltar nos elásticos.

As minis foram no habitual carrossel que tem as taças, embora tenham optado ir montadas em cavalos.

A E. armou-se em forte e foi andar no HardRock ( ao que eu chamo quebra cervical). Aquilo são voltas e reviravoltas violentas e brutais. A música aos altos berros para qualquer surdo conseguir perceber que de facto existe música ali ( e , na minha opinião, de péssimo gosto e qualidade).Saiu de lá feliz mas abananada, diz que quer repetir, a ver vamos.

O J. diz que espera por voltar à Disneyland que estes não lhe inspiram confiança. Coisa que de facto não me espanta, a ver as estacas de madeira semi podres nas quais todos estão apoiados. E como diz ele, com tanto monta e desmonta de festa em festa, quem garante que não fica um parafuso esquecido .

Hoje depois da festa do primo Ben que faz 2 aninhos, será mais uma voltinha na festa e pronto. É isto. Aproveitar o SOL , dar uns mergulhos na piscina e ver se as minis finalmente se dignam a andar de bicicleta sem rodinhas ( a O. está quase, a L. nem por isso).

BOM FIM DE SEMANA A TODOS !!

Novo ano lectivo a chegar

Cá estamos de férias, a preparar mais um ano lectivo que está prestes a chegar.

Este será talvez o ano mais desafiante de todos para mim.

A E. Vai para a faculdade, acabou com média interna de 17.1 ,e embora os exames não tenham corrido como queria e tenham baixado a média de ingresso, foi uma aluna aplicada e esforçada e isso é o mais importante de tudo. Agora, espera saber onde será colocada. Uma espera que nos deixa com  nervoso miudinho. Ficará por perto? Irá para outra cidade? As escolhas dela foram consoante o interesse no curso e percebi que em qualquer um deles se sentia entusiasmada! É um virar de página para um novo capítulo, e o que sinto é um misto de emoções. Sinto-me feliz e entusiasmada por ela, e ao mesmo tempo com tantos receios e preocupações ( que todas as mães sentem).

O J. vai para o secundário, o meu rapaz já no 10ºano. Escolheu a mesma área que a irmã mas com FQ e  Geometria Descritiva ( a mana tinha Biologia/geologia). Ele ainda está em modo férias, não quer pensar na escola. Ou se quer...não o demonstra. Acabou o 9ºano já cansado ( eu diria mesmo farto) da escola.Os resultados poderiam ter sido melhores ( 1 nota de 5; 9 notas de 4; 3 notas de 3). Está tão grande e crescido, a cada dia que passa vai mudando. Para já diz que quer seguir as pisadas do pai e ser programador informático. Resta estudar e esforçar-se para atingir metas e objectivos.

A Amorinha vai para o 5ºano, e optou pelo ensino articulado. Quer continuar na dança de uma forma mais à séria. Para ela será muito desafiante, com aulas a começarem pelas 8h15 e a acabarem pelas 19h ( moramos a 50mn da escola). É um ano em que irá precisar muito do nosso apoio, mas, tenho a certeza que como criança resiliente que é,  irá tudo correr muito bem e terá um ano com muitas novas amizades e novas apendizagens!

As minis vão para pré ! Pois é, mudam de polo, vão para a sala ao lado da primária. Muitos amigos mudam de escola, mas elas têm a vantagem de se terem uma à outra. Estão tão crescidas e desenvolvidas, umas malandrecas! Sinto-me muito feliz com elas pelo facto de serem gémeas idênticas mas termos conseguido manter tão bem a individualidade de cada uma. São muito autónomas embora brinquem juntas, têm os seus gostos individuais e nenhuma depende da outra. Irão ficar na mesma sala pois tal como diz a educadora, apesar de serem irmãs gémeas, nenhuma é dominante e sabem muito bem ser e estar " separadas" na mesma sala. Sabem que cada uma desenvolve as suas capacidades ao seu ritmo sem haver necessidade de se compararem! E que são pessoas diferentes. Eu não as acho nada idênticas, mas oiço sempre que são iguaizinhas ( mãe tem essa vantagem! Poderes mágicos!).

E pronto, é isto... um ano cheio de mudança a nível escolar. Vou ter de ser extremamente organizada para que seja bom para todos ( incluido para o marido que é o um pilar essencial nesta logística). Espero conseguir atingir ao que me proponho de forma serena e calma ( sendo que estou com os nervos todos à flor da pele).

Boa preparação de "rentrée" a todos!