Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Olhares Azuis

Aqui por casa, 7 pares de olhos azuis.

Olhares Azuis

Aqui por casa, 7 pares de olhos azuis.

rapariga Vs rapaz

Ora quando soube da minha primeira gravidez que vinha uma menina, todos me disseram que era óptimo, que as meninas são calmas e que pouco trabalham dava.
 A verdade é que isso confirmou-se com a minha E.  Ela foi e é (apesar de nesta fase ser um pouco menos...) uma menina calma, bem comportada e que até agora não me tem dado trabalho quase nenhum a criar. Tanto que tinha ela 18 meses já o J. vinha a caminho. É uma criança 5.

Quando soube na minha segunda gravidez que vinha um rapaz, o que me diziam era: agora é que vais ver o que é criar um filho!!! Os rapazes dão muito mais trabalho, são mais mexidos e irrequietos, tendem a ser mais desobedientes, etc.
Ora a verdade, é que fiquei a pensar que viria um pequeno terrorista para o seio da família. E de início notei que realmente , o J. é uma criança com mais energia que a E. Que gosta de atenção só para ele. (Ele é que tinha ciumes da irmã...e não o contrário!!) É uma criança que gosta de andar, estar à vontade mas apesar de tudo calma. São feitios diferentes mas com comportamentos muito idênticos. Consigo fazer quase tudo estando com eles, adoram brincar e entretêm-se muito.

Resumindo:

 Não existe (no meu caso) diferenças entre rapaz e rapariga.
  Ambos são 5, vou às compras sozinha com os dois e faço tudo num instante .
   Em casa brincam no mesmo quarto, às vezes lá se zangam por causa dos brinquedos    mas nada de mais.
Vamos almoçar os quatro juntos ao restaurante todos os sábados a seguir à natação sem problemas, é uma maravilha.

Pois é...sou mesmo uma mãe , com direito a tudo do melhor!!! Uns filhos lindos, inteligentes e bem comportados!!! Isto deve mesmo ser dos genes...eu e o G. juntos só fazemos coisas boas!!! Uma das coisas muito importantes é mesmo a educação, rotina, dividir o tempo para os dois, etc. O resto vem por si...pelo menos pela minha experiência é isso que posso dizer.

Intés...

C.

3 comentários

Comentar post