Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Olhares Azuis

Aqui por casa, 7 pares de olhos azuis.

Aqui por casa, 7 pares de olhos azuis.

Joelês

Ora depois do Eriquês e do Cristelês, chega a vez do Joelês...sim que o meu pimpolho de 1 aninho feitos ontem já diz algumas palavras!!! Ora aqui vai:

  • Mãeeeeeeeee
  • Papá
  • Nhanha (mana)
  • Gande (grande)
  • Carro
  • Caiu
  • Nino (menino)
depois disto não consigo decifrar mais nada...ela diz uns quantos dadadadadada, e chora quando se faz entender. Já aponta para as coisas que quer .

E pronto...lá estou eu já toda em cima do PC...
Coisas de mãe ( e pai!!! que ele também é um grande babado pelos ninos!!!)

Beijos
C.

1ª Birra escolar

Pois é...é mesmo verdade a minha E. entrou na escola em Setembro de 2006 e até ontem, foi sempre a menina exemplar da sala dela. Nunca levantou a voz, sempre obediente, arrumadinha e nunca tinha feito uma birra.
Acontece que de tão boazinha que era ela que apanhava dos outros! Chorava um pouco mas nunca retaliava. Tiravam-lhe os brinquedos das mãos e ela virava-se para outro brinquedo...enfim...
FINALMENTE ela decidiu mudar!!!e ontem decidiu que queria o carrinho dos Bebés que outro menino estava a brincar...e lá foi retirar da mão do menino o brinquedo. Claro que ela tinha de escolher o menino mais reguila da sala ( ele é mesmo do pior ...um tirano de primeira classe mas muito meigo quando assim o entende!). Ora obviamente o menino bateu-lhe. Mas para espanto de todos ela virou-se a ele . Sim a minha menina bateu por defesa!!!! Depois do sucedido a Educadora pediu aos dois que se pedissem desculpa...o menino pediu logo, já a  E. recusou-se. E foi ai que começou o berreiro e a dita birra . Berrou, chorou, meteu as mãos à cabeça, chamou por mim, fez 30 por uma linha. E passado meia hora, depois de a ameaçarem  metê-la na sala dos bebés lá limpou a cara à má fila e pediu um desculpa bruto e sem arrependimento ao menino .

Conclusão de tudo isto:
Estou orgulhosa da E. por ela ter (finalmente) perdido o medo de enfrentar os colegas/amigos de turma.
Quando cheguei a casa fiz-lhe ver que não se devia tirar os brinquedos das mãos do meninos e esperar pela sua vez de brincar.E ela entendeu muito bem mas respondeu: Sabes, o bebé era muito pesado e eu queria passear com ele, precisava muito do carro!! ( por um lado até percebo o ponto de vista dela...passear com bebé ao colo não dá muito jeito!!)

E pronto, assim foi a 1ª birra dela na escola...
C.

O tempo voa...

Pois é...como o tempo voa...já lá vai 1 aninho que o meu J. saiu cá fora , e foi AMOR à primeira vista!!! ( Já da E. o tinha sido, eheheheh).
Como sempre, fui espreitar as fotos do meu nino para relembrar o quanto ele era pequenino, doce e sereno. Dorminhoco, com uns olhos ENORMES ( e continuam ENORMES!!!!!!). Claro que quanto mais cresce mais lindo fica.
Mas fico sempre com uma saudade do meu recém-nascido...já da E. fiquei com uma saudade enorme quando ela festejou o seu primeiro aninho. O tempo passa mesmo a correr, e quando se tem filhos é vê-los crescer e desenvolver tão depressa que quando damos por nós, eles já têm a personalidade deles tão definida...um indivíduo único, com os seus pontos de vista, opinião, sentimentos, tudo de tal forma tão pessoal e que (pelo menos no meu caso e por enquanto) nos fazem sentir um orgulho enorme. Ser mãe é uma sensação única, que nos enche não só a barriga durante os 9 meses de gestação, como o ego, o coração, tudo o que melhor nos pode acontecer.
E pronto...aqui estou eu toda pelos meus filhotes que me dão alegria todo o dia ( e algumas dores de cabeça, looool). Isto tudo para relembrar, que vale mesmo a pena aproveitar cada segundo com os nossos filhotes, pois a vida são dois dias...e quando menos esperarmos estaremos de bengala e desdentados...portanto há que aproveitar o presente!!!


Parabéns meu príncipe !!!!
Beijos muito grandes aos meus ninos e ao meu maridão (pois sem ele não teria os filhos lindos que tenho!!!! )

C.

Ériquês musical

Vinhamos nós no carro quando a E. decidiu começar a cantar... O refrão era qualquer coisa do tipo : "Toouuuu farta d'ir dumiiiiir, toouuu farta d'ir dumir"

Adivinham que música é? Nós demorámos um bom bocado até perceber...






Ora aqui está ela...

Experimentem trocar o refrão original pelo da E. Encaixa ou não?

G. (com o auxílio da C.)
<

Alaska Choc

Na renhida votação para "receita que se segue", ganhou o gelado de chocolate...1-0.

Mas o sapo fotos não quer colaborar...Não há fotos para ninguém...
A culpa não foi minha.

G.

Depressões

Hoje em conversa com o marido de uma amiga minha, falou-se  que a esposa está com uma possível depressão.

EU: O melhor será ela ser vista por um médico
Ele(marido da amiga): Pois já lhe disse...mas ela nunca tem tempo
EU: se calhar está assim depressiva por isso mesmo, não ter tempo
Ele: Também já lhe disse isso mas ela não me liga nenhuma...

Depois desta conversa da treta, ainda o tentei convencer a marcar uma consulta para a esposa...mas ele não estava para aí virado.
A minha pergunta é : Afinal? Se uma pessoa se sente deprimida...não seria bom o companheiro/a apoiar e tentar ajudar? Fala-se tanto em esgotamentos nervosos...mas ao que parece, os esgotamentos estão lá porque no suposto CASAL...não existe CASAL...sim...porque quando escolhemos uma pessoa é para o bem e para mal (e quando existe o mal, tentar remedia-lo, certo?).

A verdade, é que tenho uma enorme dificuldade em perceber a DEPRESSÃO, até porque nunca tive nenhuma...nem ante-parto, nem pós-parto nem nada que se pareça.
O que é certo é que mais de metade das minhas amigas estão depressivas!!! Umas por problemas de dinheiro, outras por causa dos maridos, outras porque tiveram  bebé...enfim e todas têm um motivo, e acredito que não se sintam assim porque querem!
Falo muitas vezes com elas, e cada vez percebo menos...nem sei que dizer...

Eu sou uma pessoa normal (acho eu...), feliz, com um marido que sempre me apoiou em tudo, com dois filhos lindos, e com os problemas que todos têm. Já tive problemas maiores e outros que nem por isso... mas até hoje, nunca isso alterou a minha felicidade, ou a minha maneira de estar com os outros ou comigo própria. Todos temos os nossos dias NEGROS.

O que pergunto é: Será que somos "nós" que nos metemos depressivos?
                                  Será que certas pessoas têm uma pré-disposição para a depressão?
                                  Será que as depressões não partem da maneira como vemos as                                             coisas NEGRAS quando elas são apenas cinzentas
                                  Será que hoje em dia os CASAIS não consigam entender-se ou pelo                                     menos tentar dialogar?

                                  
Muitas perguntas teria para colocar...mas possivelmente por muito que tentem nunca irei entender quem a tem...E AINDA BEM!!!!!!!!!!!

Sim que a vida é bela! E só se tem direito a UMA! (ou quem teve mais nunca nos contou...)

A mensagem que quero passar é : Vivam a vida, vejam as coisas boas que têm, não dramatizem os problemas pois todos os têm , e pelo menos TENTEM ser felizes...

As melhoras a todos os que estão neste momento depressivos ou mesmo esgotados...e não façam asneiras!

Beijos, C.

Pessoal todo doente

Ora boa noite, e desde já as minhas desculpas a quem até passa por aqui por não andar a postar nada. É que aqui por casa isto não tem andado assim muito calmo, temos tido muitas visitas de "coisas" que não interessam a ninguém.
A 1ª visita veio para a menina E., uma bela de infecção na garganta, com direito a febre durante 4 dias e dois dias de férias forçadas para a mãe.
A 2ª visita foi para o G. Uma bela de febre alta com duração de 3 dias, com direito a delírios e tudo. Mas sem poder gozar da cama pois o trabalho não o permite. Diagnostico pelo pessoal aqui de casa: possível gripe...ou primo da visita da E.
A 3ª visita foi para o J. Vem a febre, a tosse, e quando chegamos ao médico diagnostico: infecção na garganta com a bela da otite a ajudar.
Ora a E. está quase boa, o G. teve que ficar bom a bem ou a mal ( tadinho do meu maridão), e o J. continua com antibiótico ...
Ora isto tudo, como devem calcular dá cabo do tempo de qualquer um...até para quem gosta de postar e tal...
E aqui está, a razão de cá não meter os pés há algum tempo.
Prometo que quando o J. estiver bom, faço mais uma receita deliciosa com a E.

Até lá a única coisa que vos posso dizer é que eu cá não abro a porta a estranhos...por isso sou a única que ( por enquanto) ainda não teve nada e espero que não ter!!

Até breve,
C.

SUPER HERÓI


QUE SUPER HERÓI É VOCÊ?
Você é Super Pateta:
Altamente trapalhão e desajeitado, não são raras as vezes em que complica mais do que resolve. Mesmo assim, tem um bom fundo e é muito desenrascado.
Gosto especial por: amendoins e pijamas de uma só peça.
Problemas com: multas de estacionamento e preços dos supermercados.



A verdade é que me fui meter a fazer  um teste que vi no blog da FilhaeMãe e o resultado foi este !!!!!
Mas que raio...eu não tenho problemas com multas de estacionamento!! A conta do supermercado nunca me agrada...mas acho que nesta altura é mesmo mal geral .
E pronto...trapalhona sou...de vez em quando, desajeitada e tal....talvez...

C.

Cristelês

Depois da aula de Ériquês, vem agora uma aula de Cristelês. Aula fundamental para quem quer, com sucesso, socializar com a minha mais-que-tudo percebendo minimamente o que ela quer dizer:

- Dançarolar . (Dançar + Cantarolar?)

- Petiscosa . (Alguém que gosta muito de petiscar?)

- Rodelar . (Acto de cortar algo às rodelas?)

- Rabo insonioso . (extremidade de alguém que tem dificuldades em adormecer?)

Sugestões aceitam-se. Estas foram as minhas.

G.

Pág. 1/2