Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Olhares Azuis

Aqui por casa, 7 pares de olhos azuis.

...

Cada vez mais há empresas a fecharem ( no ramo em que trabalho então é todas as semanas!!), e cada vez  vejo mais desemprego.

MAS, existe sempre um mas. Vem cá muita gente com um papelinho da segurança social na mão pedir para carimbar sem sequer perguntar se temos alguma oferta de trabalho! Por acaso não temos vaga. Mas poderiam pelo menos mostrar algum interesse em arranjar trabalho.

 

Vejo cada vez mais pessoas a pedirem ajudas ao estado sem sequer se darem ao trabalho de procurar trabalho. Que o povo anda desmoralizado acredito, também ando... Que muitas empresas se aproveitam desta crise para pagarem o mínimo possível, eu sei, infelizmente  conheço diversas assim ( não é o meu caso). Agora também vejo muita gente de papo para o ar à espera que um EMPREGO lhes caia em cima da cabeça, com horários de luxo e salários bons, com direito a todas as regalias de quem trabalhou anos a fio.

 

SIM, isso deixa-me insatisfeita, uma vez que é o meu ( nosso) dinheiro que acaba por cair muitas vezes nas mãos de pessoas supostamente necessitadas mas que andam com carrões que eu que trabalho não tenho!  Sim eu precisava de uma carrinha agora que vamos ser 5 cá em casa, e andar num C3 é apertado e não cabem sequer 3 cadeiras lá atrás (irei lá atrás no meio de dois e o bébé à frente no ovo). Mas adiante... Estou todos os dias com imensas pessoas uma vez que faço atendimento aos clientes, e todos se queixam. Eu também o faço! Está difícil, está sim senhora.  O dinheiro é escasso e custa chegar ao fim do mês, custa sim senhora.  O que não entendo, pessoas que se queixam mas nem se dignam a procurar. Com desculpas que não me convecem!

 

 

A CRISE...cada vez mais olho, e vejo uma desculpa para as pessoas se encostarem e dizerem que " é a crise" que não os deixa trabalhar. Sim, há muitos desempregados em que é difícil arranjar novamente emprego devido à idade, etc... Mas, infelizmente, vejo muita gente encostada à espera... e muita gente que recebe do desemprego e que trabalha no mercado negro. Não, não acho justo!

 

E é isto...ver e ouvir gente a queixar-se sem razão deu para me revoltar.