Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Olhares Azuis

Aqui por casa, 7 pares de olhos azuis.

6 anos de ti, de nós...

Faz hoje 6 anos que descobrimos que o Bebé X era uma deliciosa Alice.

O tempo corre, voa... mas lembro-me na perfeição as contrações da noite anterior, o nervoso miudinho, a expectativa de "ser agora",  a felicidade e o êxtase.

O choro que só parou quando a colocaram no meu colo ou melhor na maminha tal era a fome com que vinha.

A felicidade nos olhos do pai, o coração cheio quando os manos a viram e conheceram pela primeira vez. O ORGULHO do J. que negou a gravidez toda mas que se apaixonou assim que viu a sua maninha. O Amor  e a ternura da E. a pegar pela primeira vez na sua princesa pequenina.

Momentos inesquecíveis, e que me fazem feliz, com lagriminha no canto do olho ( ai a nostalgia).

 

nósas2.jpeg

 

 

 

 

Alicês...ou coisas de gajas

" Mãe, hoje vou pedir ao pai que monte lego comigo. Não me importo que os meus legos fiquem com cheiro a homem".

Eu : Ai sim? Mas se o pai brincar com os teus legos ficam com cheiro a homem é?

A.: SIM ! Se o pai e o Joel mexerem ficam com cheiro a homem, mas se for eu, tu , a Érica , a Lisa ou a Olívia , ficam com cheiro a mulher. E Olha já     ganhamos!!! Somos muito mais mulheres que homens!

 

A escola

O meu J. baixou as notas.

Era de esperar mais cedo ou mais tarde pela quantidade de estudo que tem feito ( quase nulo!). Faz os TPCs, e por vezes relê alguma parte da matéria que tem dúvida na véspera da prova. Mas estudar mesmo, nada feito.

Nunca ralhei, apenas lhe chamava a atenção se não seria necessário algum estudo . A resposta veio sempre negativa, "sei a matéria" dizia-me ele. E eu confio ( mesmo achando que "isto não vai correr bem para sempre").

Agora que começa a receber as notas destes testes ( e sendo só um neste trimestre não terá hipótese de subir) apercebe-se que cometeu o erro de não estudar. Hoje disse-me que está na altura de começar a estudar se quer continuar com as notas que tinha. Já "magicou" um plano para aprender a estudar, já fala em ir revendo a matéria nas férias grandes para não esquecer o que aprendeu, e diz-me que no próximo ano não se pode desleixar como foi neste.

Aprendeu com o seu erro. Para mim é importante que os meus filhos aprendam por eles próprios, é mais fácil de corrigir ou mudar de estratégia quando o erro é nosso do que quando é de outra pessoa ( como por exemplo dos pais, em que contamos o que nos aconteceu para antecipar os erros dos nossos filhos).

Ele baixou MUITO as notas, em cerca de 20%. Menino de notas entre 85 e os 100%, agora tem trazido notas na casa dos 70%. Não é grave, é claro que não! E está tudo bem. Mas ele ficou triste, esse sentimento é importante para melhorar. E eu acredito que no próximo ano a atitude será outra. Ele não é rapaz de baixar os braços, mas sim de lutar quando é preciso.

Errar para aprender e crescer.

 

 

 

Primeiros passinhos

Já se levantavam, e andavam agarradas a tudo largando-se esporadicamente para brincar em pé.

Davam 2 passinhos e deixavam-se cair sentadas porque o medo de cair apertava com elas.

E ontem, TUDO MUDOU!!! A O. olhou para a L. que estava ao colo da E., largou-se e lá foi ela...para se abraçar à L. e dar-lhe um beijo!!!

Foi tãoooooo emocionante ( a E.ficou de lágrima no olho).

Hoje, foi a vez da L. ! Largou-se e lá foi ela da mesa até mim .

 

Ainda não andam efectivamente pois preferem gatinhar, mas os primeiros passos estão dados. A partir de agora, será sempre a andar !!

 

nininhas.jpg

 

Reunião na escolinha da Amorinha

Está uma crescida e já se fala no 1º ciclo.

Gosta de números e de letras.

Já lê algumas coisas porque quer saber ler.

Escrever não é com ela, no entanto nos desenhos que faz escreve para identificar o que acha importante.

Faz contas de cabeça quando lhe fazemos pequenos problemas.

 

Gosto TANTO de a ter assim pequenina e brincalhona...

Em Setembro irá para o primeiro ano, tornar-se-á uma estudante. Sinto um orgulho enorme e uma nostalgia ao mesmo tempo. A minha pequena a crescer.Oh tempo! Abranda!

 

Hoje foi dia de reunião, de falar sobre as novas regras, sobre o que a espera. Como já é a terceira vez que passo por isso, sei o que nos/a espera. E vai ser bom, vais ser tão bom! Agora, é tempo de aproveitar para brincar muito. Criar boas memórias do jardim de infância, e guardar aquele cheiro característico da escola dos "pequenos" para mais tarde recordar. Porque a brincar se aprende e se cresce muito. No ano que vem, virão novos desafios, novos amigos, nova professora, novo material.  Um passo enorme para ela, e também para nós!

O tempo voa...e a Amorinha ganha asas.

 

 

Pág. 1/2