Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Olhares Azuis

Aqui por casa, 7 pares de olhos azuis.

Voltei...com dúvidas..

Depois de escrever o Post anterior estive a "conversar" virtualmente com uma amiga minha.Fui-me de deitar e fiquei com vontade de vir aqui escrever algumas dúvidas que apareceram fruto da nossa conversa...

 

O tema da conversa era a educação dos nossos filhos, no qual falávamos do facto de existirem miudos "mais fáceis" de educar do que outros devido á sua natural personalidade.

As dúvidas que tenho são...

  • Até que ponto a educação supera o feitio e personalidade de uma criança?
  • O que prevalece? A sua natureza, ou a educação dada?
  • Até que ponto podem os pais moldar uma criança?
  • Existem teorias  que dizem que a educação vem ainda do interior da barriga...será possível?

Claro que todas estas minhas dúvidas são pertinentes...e difíceis de responder.

Como sabem os leitores deste meu Blog, tenho 2 crianças. Uma de 3 anos e meio, e outra de ano e meio. Por sua natureza BEM diferentes...a mais crescida é deveras  muito mais calma. Ambos são teimosos, mas o mais novo bem mais que a E. (a primogénita)

 

Muitas pessoas  dizem-me  que a E. tem uma personalidade muito vincada..e que não vai ser fácil lidar com ela mais tarde. É verdade que podem estar os amigos todos a andarem de patins....que se ela decidir que não, é não! Tem as suas ideias muito fixas, mas contudo consegue-se alterar uma ideia que ela tem das coisas se esta for bem justificada. 

Em relação ao meu J. ( e tendo em conta a diferença de idades) tem um feitio não tão fácil de "moldar", ele é extremamente teimoso e impaciente/nervoso. Se as coisas não lhe correm como programado fica logo enervado e por muito que se explique o porquê das coisas ele teima em fazer à maneira dele.

A E. sempre foi muito obediente, já o J. é preciso estar muito em cima dele para o ser.

 

A maneira como lido com cada um dos meus filhos é diferente consoante o feitio e personalidade deles. Até que ponto estou a conseguir educa-los de forma idêntica? Apesar de serem diferentes existem certas "regras" que são iguais, será que devido aos diferentes feitios conseguimos passar as mesmas mensagens? Serão eles ambos pessoas sociáveis , que respeitem o próximo e que se façam respeitar? Claro que só o futuro o dirá...mas dá para pensar não é?

 

Se os meus filhos estivessem nas mãos de outros pais até que ponto seriam o que são? Seriam melhores? Piores? E já agora...até que ponto estamos preparados para educar o filho que carregamos na barriga 9 meses? Existirão pais que consigam educar melhor que outros consoante as diferentes personalidades\feitios?

 

Bem...vou mas é ver se durmo que me estou a sentir quase filósofa ou coisa do género...loooool.

 

Se puderem comentar e dar a vossa opinião...agradeço! ( aceito sermões ...mas não como os meus!!!)

 

E já agora...OBRIGADA Sofh por me fazeres pensar tão aprofundadamente nestes assuntos! Aprende-se sempre qq coisita...

 

C.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.