Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Olhares Azuis

Aqui por casa, 7 pares de olhos azuis.

Olhares Azuis

Aqui por casa, 7 pares de olhos azuis.

Reunião na escolinha da Amorinha

Está uma crescida e já se fala no 1º ciclo.

Gosta de números e de letras.

Já lê algumas coisas porque quer saber ler.

Escrever não é com ela, no entanto nos desenhos que faz escreve para identificar o que acha importante.

Faz contas de cabeça quando lhe fazemos pequenos problemas.

 

Gosto TANTO de a ter assim pequenina e brincalhona...

Em Setembro irá para o primeiro ano, tornar-se-á uma estudante. Sinto um orgulho enorme e uma nostalgia ao mesmo tempo. A minha pequena a crescer.Oh tempo! Abranda!

 

Hoje foi dia de reunião, de falar sobre as novas regras, sobre o que a espera. Como já é a terceira vez que passo por isso, sei o que nos/a espera. E vai ser bom, vais ser tão bom! Agora, é tempo de aproveitar para brincar muito. Criar boas memórias do jardim de infância, e guardar aquele cheiro característico da escola dos "pequenos" para mais tarde recordar. Porque a brincar se aprende e se cresce muito. No ano que vem, virão novos desafios, novos amigos, nova professora, novo material.  Um passo enorme para ela, e também para nós!

O tempo voa...e a Amorinha ganha asas.

 

 

Feliz Dia da Mãe

E para festejar o dia da mãe fomos passear e almoçar fora.

Fomos ao Com Pinta ( e aconselho mesmo!) .

Depois gelados para os miúdos da Gelataria Artesanal Veneza ( uma delícia!!), a ver o mar...que maravilha.

 

gelado.jpg

 

 

gelado1.jpg

 

 

31960354_1968714823158730_8191145525651701760_n.jp

 

 

 

 

 

         Lisa

 Na mochila com o papá!              

                 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

31968149_1968714936492052_6320322153073868800_n.jp

 

De tarde abrimos a época balnear cá de casa ou seja...PISCINA ! YEAH!!!! ( amanhã tento colocar fotos, hihihih)

E pronto, assim se passou mais um domingo de sol .

Desejo de boa semana a todos ;)

Tagarelices das minis

Eu diria que no caso delas são mesmo chinezices! Elas falam falam falam e só elas se percebem. Confesso que me derreto toda quando estão nos dadadadada e tatatatatatata uma com a outra . Mas falemos português...ora por aqui as "palavras" são :

  • Dá ( do verbo dar mesmo e a pedir com a mão)
  • Anda ( a chamar com a mão também)
  • Mamã ( palavra sem sombra de dúvidas no 1ºlugar do TOP10 das palavras delas)
  • Ga ( gata)
  • Ma ( quando vê umas da irmãs, ou o irmão)
  • Aíxe ( Alice)
  • Nana ( banana)
  • AH! AH! AH! AH!  ( aos gritos e aos pulos,quando me vêm tocar no pote de bolachas )
  • Papá ( penso que se percebe bem o que quer dizer)
  • Papapa ( quando vêm a sopa ou outra comida)

De resto elas bem dizem coisas e argumentam. Eu repito na esperança de aprender uma nova língua mas não devo passar no teste com 99% de certeza . Elas ficam a olhar para mim com cara de " que raio está a mamã ali a tentar dizer" e comentam (naquilo que acredito ser gemelês) uma com a outra deixando-me LITERALMENTE à nora.

Uma coisa que gostam muito é de cantar! E dançar também. Já sabem "piscar" as mãos quando canto o Brilha Brilha ( Estrelinha), e fazem algumas partes da canção das Doidas andam as galinhas, abanando o corpinho, e por vezes mesmo fazendo agachamentos rápidos que mais parece que treinam no crossfit.

 

E pronto ...é isto...Bom fim de semana gente!

E como está aqui a Lisa a dizer " becbecbecbecbec" ( whatever that means!) .

Dores de Crescimento - dos pais

Os filhos crescem, e os pais "sofrem". Se por um lado é o orgulho de os ver crescer, por outro é a dor que nos assola com receios e medos.

Neste momento tenho a E.com 13 anos,  na corda da adolescência. Um dia é festa, noutro o descalabro!

A E. começa a enrolar-se num casulo qual lagarta em plena transformação. Sim, transformação! O corpo mudou.  Os sentimentos e a forma como vê a vida, o mundo, a família e os amigos também começam a mudar. Está em metamorfose. E esta mudança pede  exige espaço e distância. Ela precisa do seu espaço, sozinha, a pensar nas suas coisas, na vida. Precisa do seu CASULO para crescer. Uma menina cada vez mais mulher, mas ainda criança. Está no seu casulo, e quando daqui a uns tempos sair dele, terá asas para voar qual borboleta.

Dores de crescimento...minhas! E do pai! Porque como já disse, é tão bom vê-los crescer mas dói. Dói de pensar nas decisões que têm de tomar ( saberão escolher bem ?), dói pensar que para crescer é preciso cometer erros, dói pensar que também eles terão dores de crescimento.  

A vida dos meus filhos é deles e só deles, e são eles que a têm de viver em pleno. Estamos e estaremos sempre presentes no percurso dos nossos filhos. Sempre disponíveis para os bons e para os maus momentos. Sempre presentes para ouvir, escutar, apoiar e se necessário aconselhar. O nosso colo estará cá sempre disponível, e os nossos braços sempre abertos, para os receber sempre que precisarem. Pois, apesar de tudo, serão aos nossos olhos, sempre os nossos bebés, as nossas lagartas que simplesmente passaram pela metamorfose. A minha princesa será sempre a minha princesa, com 13 ou 31 anos.

Dores de crescimento...( suspiro).

A vida é mesmo assim, ânimo!

Hoje é domingo e é dia de fazer bolachas e o bolo de Domingo. Por norma fazemos todos os fins-de-semana para os miúdos levarem para o lanche da escola durante a semana evitando assim as bolachas de compra. Eles adoram, e é um bom tempo passado na cozinha!

Ontem quando me falaram nisso não me apetecia...a O. está com início de pneumonia e anda sempre pendurada em mim chorona.Mas é preciso animar aqui a Mãe e nada como estar com a A. na cozinha (ela a tentar comer massa crua às escondidas) . Os mais crescidos saíram com o pai, e eu vou aproveitar com a A. que as minis dormem para então pastelar fazer pastelaria .

A ver se tiro fotos e as coloco aqui para ficarem de água na boca!