Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Olhares Azuis

Aqui por casa, 7 pares de olhos azuis.

Olhares Azuis

Aqui por casa, 7 pares de olhos azuis.

Livros da nossa casa

O J. começou com este :

DSC_7719[1].JPG

 

E ficou VICIADO !! Já adquiriu a Avózinha Gangster e já tem outro na mira...

Diz que depois desta coleção quer algo diferente. Já me fala em ler O Recruta de Robert Muchamore.  Como ele ainda tem uns quantos que recebeu no natal, vai ter de aguardar...mas que está bem lançado está! E se soubessem como fico satisfeita com isso. Contente e feliz por ele ter prazer em ler.

 

 

Livros da nossa casa

Ora hoje partilho os livros que andamos ( eu e o G.) a ler.

 

A escolha dele :

DSC_7610[1].JPG

 

Já eu ando virada para as adolescentisses. De vez em quando gosto de ler sobre parentalidade. Não sigo os livros, mas gosto de ler opiniões, formas de educar ou de resolver situações ou mesmo conflitos. É engraçado ver como a educação é de tal forma variada que não existe o certo ou errado, apenas diferente! E tenho retirado muita informação útil.

Deste livro já li dois capítulos que JURAVA se tratar do meu J.! Ele tem 11 anos, e não está em fase de adolescência ainda, mas algumas atitudes já lá estão. E bom, pelo que estou a retirar do livro, AMOR acima de tudo , saber negociar ( ninguém deve perder ou ganhar na relação pais-filhos) , e não ser permissivo ( eu até acho que por vezes somos rígidos demais, mas eu sei que o G. não concorda com este "demais"). Estou a gostar de ler e aconselho, pois o livro dá exemplos de comportamentos, explica o porquê destes e dá dicas de como lidar com eles.
 

DSC_7609[1].JPG

 

 

Livros da nossa casa

Os mais novos já estão com livros " novos".

 

A Princesa E., parou os livros que andava a ler para se dedicar à obra solicitada na escola- A Eneida de Vergílio.

erica.jpg

 

O pirata J. continua nos mesmos moldes ( Minecraft), mas uma nova coleção.

joel.jpg

 

A Amorinha tem ouvido 2 leituras antes de ir dormir.

 

Adora as lengas-lengas de Alice Vieira " Eu bem vi nascer o Sol" ( já sabe imensas de cor!).

E adquirimos o livro  "Diz-me Porquê? "  . É muito interessante, e é óptimo para explicar emoções! Aborda diversos temas  (  eu, a minha família, a vida, o mundo e o universo quotidiano da criança) :  Porque fazemos birras?Porque é difícil pedir desculpa? Porque existem guerras? Os animais percebem tudo o que dizemos?- são alguns exemplos.

Eu optei por fazer a pergunta e ela responde. Depois então leio a resposta do livro. Tem sido muito bom! Por vezes damos por nós a comentar as duas, aparecem os irmãos mais velhos e juntam-se a nós para discutir o assunto.

alice.jpg

Ãs minis agora gostam muito de tocar com as pontas dos dedos e de sentir com a boca também. Então andamos mais nos livros sensoriais.

Os dois mais pequenos da coleção Toca e Sente do Bebé oferecidos pela tia C., e os outros dois são de fantoches em pano com cenários.

minis.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Livros da nossa casa

POr aqui lê-se e muito. É umas das coisas que felizmente consegui incutir aos meus filhos, e espero que continue com as mais recentes da casa ( L. e O.).

Ora no Natal receberam uns quantos livros e já estão todos entusiasmados!

Aqui fica a selecção dos primeiros dias do ano .

 

Eu acabei com o "Febre" e comecei com o "Fortaleza Digital".

IMG_20180101_224636.jpg

O G. anda a ler o The Subtle Art Of Not Giving A F*Ck de Mark Manson .

A E. além de ler em Português ( PAX) está a estrear-se a ler Inglês  ( Harry Potter) :

IMG_20180102_102049.jpg

O J. anda numa de Youtubers ( VICIADOOOOOOOO) , mas mais vale em livro que no PC ( ) :

IMG_20180102_095517.jpg

A A. ouve histórias todas as noites, e vai "lendo" o que lhe apetece.As leituras deste ano foram :

  • Ovelhinha dá-me lã

    IMG_20180102_095447.jpg

     

  • Coração de mãe
  • Fantástica nave espacial
  • Dora e a sua Mochila

As minis não ficam atrás!! Iniciaram-se também no Inglês e na Física ( coisas da tia que é Física, ou há de ser  !).

babiesbooks.jpg

 

 Desejo a todas boas leituras!!! Por aqui, vou dando notícias das nossas .

 

 

 

 

Família

Ando a ler este livro :

Este é um livro que não posso ler todo de seguida ou fico logo com vontade de ter uma catrefada de filhos!

Trata-se do testemunho de várias famílias com um mínimo de 4 filhos. As aventuras, modos de vida, etc.

E se existem famílias cujo poder financeiro parece ser acima da média, onde o apoio familiar é muito, etc.. outras existem em que o orçamento é apertado , tudo é controlado, e não têm apoio de familia por perto mas onde a alegria e o amor reinam da mesma forma.

 

Afinal de contas, tudo é relativo certo?

 

No que nos toca, posso dizer que o orçamento familiar é todo bem controladinho. Prendas só no natal e nos anos.

Ainda esta semana a fada dos dentes passou por cá, e o que deixou foi uma moeda de 50 cêntimos ! A E. foi logo a correr colocá-la no mealheiro.

Não vivemos mal (de forma alguma!), mas não nadamos em $. Apenas gastamos o necessário para que os nossos objectivos de vida se concretizem. Tenho dois em colégio IPSS, e espero poder mantê-los quando passarem a 3 . Não vai ser fácil, mas havemos de conseguir!

Na altura da inscrição dos miudos, e com os nossos horários de trabalho, chegámos à conclusão que a diferença entre o colégio e o ATL compensava o esforço. E assim fizemos!

 

Quanto à família, posso dizer que tenho sorte. Sei que se precisar ( e são extremamente raras as vezes) os avós tanto maternos como paternos estão disponíveis para nos apoiar com as crianças.  Conto pelos dedos de uma mão as vezes que ficaram na casa dos avós.

A tia J. liga muitas vezes a pedir que lá fiquem a brincar ao sábado à tarde. E confesso que me custa deixá-los ir, quando o fim-de-semana é a altura em que mais tempo tenho disponível para estar com eles. E se por vezes nego, outras ficam tão felizes de fugirem cá de casa, e poder sair das regras cá de casa ( em casa dos avós é sempre diferente!). A Avó Isa gosta mais de uma tarde de cinema, com direito a gomas ou pipocas ( ou mesmo ambas!), a sabemos que é (quase) sempre na férias de natal que esse dia acontece.

 

Gosto muito de sentir que eu e o meu marido nos desenrascamos muito bem com as crianças. Não sei se teria estofo para mais uma...mas sei que com 3 , tudo corre muito bem ( apesar de haver dias em que estou mais morta que viva!).