Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Olhares Azuis

Aqui por casa, 7 pares de olhos azuis.

Três pontos...

Foi o que o J. ganhou esta manhã. E um susto valente!

Estava na cozinha com a E. quando oiço um grito muito alto. Corro, e vejo o J. a vir meio a cambalear, a segurar a nuca ensanguentada e o cotovelo esfolado. Chamo o G. e vamos para a casa de banho, água e toalha, tentar acalmar o miúdo que diz estar a ver mal ( via as coisas a irem e virem). Averiguamos e olhamos um para o outro, é hora de seguir para o hospital. O corte foi fundo, pergunto o que aconteceu enquanto verifico a mala e o G. limpa a cabeça/pescoço.

Estava a tentar fazer um truque de skate ( diz que é o Caveman), e que o skate caiu mal, ele caiu para trás e bateu com a cabeça no mureto de pedra escacilhada. Lá fomos ao hospital , cirurgia para levar os pontinhos. O corte é pequeno, mas bem fundo . Como disse o médico, foi um corte pequeno mas à Homem! Ele portou-se lindamente embora estivesse nervoso ( levar pontos não é de todo divertido). Quinze dias sem piscina, sem praia, sem desportos ou actividades de muito movimento foi a recomendação do médico. Averiguar se vomita, fica com sonolência ou dores de cabeça fortes e repentinas. Não fez raio-x pois a nivel neurológico passou nos testes. Foi esta manhã, e ele está bem.

Não estava com capacete. Foi só um susto, mas poderia ter corrido muito muito mal. Se tivesse batido um pouco mais abaixo nem imagino as possíveis sequelas. Foi um susto que, espero, sirva de lição. Neste momento tem dores no pescoço, nem o consegue dobrar. Os pontos nem se notam pois não foi preciso rapar cabelo. Amanhã vai ter dores de cabeça possivelmente, devido à batida forte. Foi um susto...em que estávamos com medo, ELE estava com medo, mas todos conseguimos manter a calma. Se houver próxima vez( diz ele) o capacete não estará arrumado, mas sim na cabeça. Não foi preciso dizer nada , o que aconteceu bastou. Agora é recuperar, tirar os pontos, e ter mais juízo. Queremos truques de skate! Mas com segurança.

 

 

Revisão de 2009

Passando um olhar pelos acontecimentos de 2009, a malta cá de casa destaca os seguintes:

 

Janeiro:

 

- Finalmente os ninos viram a neve, num fim-de-semana muito divertido em Manteigas;

- Nova visita ao Oceanário, a primeira do J.

 

Fevereiro:

 

- Grande susto com a E. e a sua luta com os dores de ouvidos;

- E o gato que passou a noite no poste, até ser salvo pelos Bombeiros;

 

Março:

 

- Audição de violino da E.

- Semana do Terror Sanguíneo;

 

Abril:

 

- A Mimi perde a virgindade;

 

Maio:

 

- 12 anos e 2 meses de relação;

- Tarte de Chocolate;

 

Junho:

 

- Ida às compras e fim de dia numa esplanada à beira-mar;

- Audição de violino e fim-de-semana de piscina;

- Bolachas de Chocolate;

- Temos um Ninja em casa;

 

Julho:

 

- Um segredo revelado:

- Modo zombie...queremos férias;

 

Agosto:

 

- Tentativa de assalto;

- J de Joker?

- Finalmente...FÉRIAS!!!

 

Setembro:

 

- Primeiro dia de escolinha do J.

- Aniversário de Casamento...O primeiro que conseguimos passar...normalmente;

- Cirurgia da E.

 

Outubro:

 

- EURODISNEY!!! Fotos, vídeos e vídeos;

 

Novembro:

 

- Uma dedicatória a alguém muito especial;

- Fomos destaque no SAPO;

- Chega a GripA cá a casa;

- Montagem da árvore de Natal, com o pai longe;

 

Dezembro:

 

- O pai a brincar aos choques eléctricos por Angola;

- Cortes de cabelo e dentes pelo caminho;

 

Mais um aninho se passou. Coisas boas e coisas más, como sempre. O que interessa é que estamos todos bem, e juntos. O resto é palha.

 

E agora, como diz a C. :  "Que o melhor de 2009 seja o pior de 2010".

Resumo da semana...sangrenta.

Ora calhou-me a mim fazer o resumo semanal...

 

Segunda e terças feiras, nada de relevante. Música, violino, ballet, escola, o normal. O J. começou o treino para deixar as fraldas na sesta, até  agora com 50% de sucesso. 6 dias, 3 mijadas até ao pescoço.

 

Na quarta-feira, a C. foi buscar a E. à escola e é recebida em histeria, com a E a querer mostrar-lhe o sítio onde "fez muito sangue". Diz que caiu, bateu com o nariz, fez muito sangue mas não chorou...adiante...

À noite, duas horas de estudo, e birra para ir para a cama porque queria continuar a estudar!

 

Escala de terror sanguíneo -> 4.

 

 

Na quinta, música e ballet, jantar cedo e cama, que o ppl estava todo estoirado.

 

Sexta-feira, hora de almoço, a C. recebe uma chamada da Educadora da E. "Ela começou a sangrar do nariz, mas desta vez foi bastante..." pois, bastante... Cara, óculos, camisa, calções, ténis...chão, etc, etc.

 

Escala de terror sanguíneo -> 7

 

Sábado, audição da E. (5*), almoço na Paparoca em Mafra, a pedido dos piquenos, tarde no jardim, miséria do Benfica e cama...

 

Domingo, tudo vestido e preparado para ir tomar o peq.almoço ao café,  o J. tropeça e dá um beijinho na esquina da parede...resultado, 2 dentes para dentro, quincados, o freio rasgado, sangue por todo o lado, vocês vêem o filme todo... Deixámos a E. com a avó, e siga para o hospital. Com a extrema rapidez com que as coisas acontecem nos hospitais, só tomámos o peq.almoço às 12:30, J. incluído. E por peq. almoço, quero dizer, sumo de maça, que coitado não podia, nem pode, morder nada. Do mal o menos, largou a chucha de vez.

De tarde, muita brincadeira na rua, plasticinas, futebolada, baloiços, carros, bicicletas, ping-pong, etc, etc...

 

Escala de terror sanguíneo -> 10

 

 

Novas da E. :

 

"- Ó pai, olha só o meu estôgamo."

 

"- Olha lá pai, porque é que estás a meter Batine com os coconetes" (Betadine)

 

Maior susto da minha vida!!!

Pois...e foi mesmo!!!

 

Até agora o maior susto que tive foi com a minha E. foi em Dezembro 2004. Tinha 2 mesinhos e fez uma hipotermia que ficou toda roxa!!!! E lá fomos nós para hospital com a miúda enrolada em vários cobertores e a massajá-la ao mesmo tempo...e descobrimos após exames ao coração que tem acrocianose. Foi um susto mas passou!!!

 

Pois bem ontem de manhã a pequena acordou a queixar-se que lhe doía um pouco o ouvido...Como não era nada demais foi à escola e quis ir ao ballet. À volta do ballet ela começou a ficar mesmo aflita com a dor no ouvido e decidi levá-la até ao SAP. Mas como a minha mãe se dirigia para o hospital D.Estefânia aproveitei a boleia e segui com ela!  A E. foi quase todo o caminho a chorar e gritar de dor quando de repente ouve-se um silêncio...(estávamos a acabar de passar pelo HospitalAmadora-Sintra). Olho para trás e está a E. sem reação...chamo-a e nada, puxo-lhe os braços e NADA, abano-a e NADA!!! Entrei em pânico!!!! Esbofateei a E. e NADA!!!!!! Fomos a 120Km/H a passar pelos radares, 4 piscas acesos e apitar sem parar para nos darem passagem!!!

A verdade é que ela só recuperou os sentidos já no hospital ( e fomos ao mais próximo que havia H.São Fransisco Xavier).Sei que ficou desmaiada uns 5minutos mas a mim parecerem-me uns 10 ou20!!!

 

Resultado..acharam estranho o desmaio mas dizem que deve ter sido uma dor tão forte que o corpo para se proteger optou por desmaiar.

 

EU IA MORRENDO DO SUSTO!!!!!! Juro que foi pior do que a hipotermia!!!! Nunca tinha ficado histérica pois ali com a aflição fiquei...eu chorava sem parar e na altura em que chegamos ao Hospital eu só chamava  para que um médico nos ajudasse .Além de que a miúda levava "as minhas mãos na cara" pois com a aflição de a ver sem reação deu-me para lhe bater na cara a ver se a reanimava!!!

Hoje estou a trabalhar a partir de casa para ela poder descansar...amanhã em princípio fica na avó.

 

No meio de tudo isto fiquei contente por ser só um susto...mas que foi um susto valente foi!!!!